sexta-feira, setembro 15, 2006

A força do amor!



Olhas-me...
e me sinto em paz com o mundo.
Tocas-me...
e viajo pelas estradas das metáforas.
Envolves-me...
e busco,na consonância, a hora certa das palavras...


Seduzes-me
e eu, plena de fraqueza,
entrego-me sem medo...
Na certeza de que, na fragilidade,
se esconde a força do amor!



14 comentários:

Léia disse...

Lindo Miriam,
Digo que além do amor, existe a paixão que o leva a ele. Cada qual no seu momento, uma antes, outro depois. Ambos maravilhosos e inegáveis como o teu dom de escrever.
Beijo!!!

poeta_silente disse...

Concordo contigo e acrescento que o amor é completo, quando une o sentimento e a paixão. São dois complementos indispensáveis, que se unem e formam um só.
Obrigada.
Beijo
Miriam

Sandra Daniela disse...

Lindo Miriam! e que o Amor esteja sempre contigo!!!
um beijo

Nilson Barcelli disse...

Olhar, tocar, seduzir...
Entregas-te sem medo...
Na fragilidade se esconde a força do amor.
Miriam, gostei muito deste teu poema. É belíssimo e revela que a tua inspiração está a voltar.
Beijos e bom fim-de-semana.

AS disse...

(..)
"e eu, plena de fraqueza,
entrego-me sem medo...
Na certeza de que, na fragilidade,
se esconde a força do amor!"

Lindooooooooooo!... Não tenhas medo de ter medo!

Um beijo...

su disse...

...mas penso que no amor, sendo que não se deve pensar, a fragilidade do sentir é a acha que alimentará o fogo em labareda do amor de quando finalmente se entrega. Da fragilidade aparente se retoma a força...

: )

É assim a natureza do Amor e da própria Vida: tudo uma questão de Fé.

Um beijo grande aqui da Teia.

Nilson Barcelli disse...

Vamos lá escrever mais, sim?
Um beijo Miriam.

Kalinka disse...

Minha querida Miriam

Hoje foi você que escreveu e...coisas tão belas que me comovi.
Inspiração chegou ao seu coração...

Sim, fica magnífico, quando se unem a Paixão e o Amor...
(sem palavras)

Gostei de saber que meu neto nasceu no mesmo dia que você festejou seu aniversário, jamais irei esquecer.
Beijos ternurentos.

Paulo Sempre disse...

O amor....esse fogo que arde sem se ver.......

Bjs

su disse...

Voltei para reler e ver as belas imagens e para escutar a música...a arte toca ssim o coração do ser humano...
Obrigado pelo mail anexo de hoje...o carinho mesmo que internautico seja na hora certa...mesmo sendo inconsciente...

Um beijo da susana.

Nilson Barcelli disse...

Assim não dá... Há mais de uma semana sem escrever nada?
Mas fiquem à vontade. Vou ficar aqui sentado à vossa espera...
Beijinhos para ti Miriam e para a Léia.

Sophie disse...

Este blog é lindo e cheio de conteúdo.

Sophie

Mel disse...

"Envolves-me...
e busco,na consonância, a hora certa das palavras..."

Miriam... sem palavras, amiga ... esta viagem é introspectiva, metafórica, grandiosa.

A hora certa das palavras... a hora em que as palvras, por desnecessárias possam estar ausentes, na plenitude dos sentimentos ...

Bjs enormes...
A música, Miriam ... vou querer, amiga ....
Bom domingo ... que eu continuo por aqui a ler-te ...

João Vasco disse...

A força do amor reside na capacidade para não recear revelar fragilidades quando ele acontece. Assim se faz intimidade...
Bj