terça-feira, novembro 14, 2006

A espiritualidade humana

Definitivamente, esta semana é a semana ímpar da minha vida. Já tinha falado nisto. Por incrível que pareça, as particularidades não param de acontecer.
Não sei se todos que me lêem tem a noção, ou acreditam, no que eu vou falar. Mas, quando JESUS começa a dar libertação, derramar graças, nada pode detê-Lo. A não ser a nossa falta de fé e a nossa negação em aceitá-Lo.
Pois, mais um dia ímpar - e que distinção de dia!
Hoje, fui chamada para assumir uma vaga em uma firma. Esta colocação veio numa época extremamente necessária. Esta graça me coloca na certeza de que os acontecimentos estão se sucedendo, com uma rapidez espantosa...
Pois... nada do que passamos é em vão. E o meu tempo no deserto estava nas mãos de Deus. Isto é... Meu tempo está nas mãos de Deus. Minha vida está nas mãos de Deus.
Como as particularidades aconteceram desta forma, vou ter que me reservar ao direito de falar que, por motivos antes não previstos, não posso mais garantir uma explicação existencial dos fatos diários vivenciados.
Glorifico a Deus esta razão. Glorifico a Deus por poder estar cancelando meu trato virtual.
Mas, hoje, vou analisar a espiritualidade humana. O ser humano caracteriza-se por uma onipotência sem par. Por ele tudo é feito, nele tudo está. Eu vou... Eu sou.. Eu faço. São palavras de "positivismo". Tudo posso desde que pense assim. Esquece-se ele que, de forma nenhuma, ele "tudo pode", se assim o pensar. Porque somos um sopro de vida.
- Estamos vivendo e, de repente, nada mais existe. Passou-se o nosso tempo.
É necessário ao homem, a humildade de saber-se imperfeito e saber-se dependente Daquele que o criou. Porque em Deus está a sustentação do Universo.
Porque é tão difícil nos darmos conta de que, sozinhos, nada somos? De que o sopro de Deus está em nós e por ELE somos comandados e guiados, desde que O aceitemos? Desde quando, oh homem, podes dizer que "amanhã irei a tal cidade" ( esta é uma passagem bíblica). Desde quando, oh homem, podes fazer planos e garantir a sua realização? Desde quando, oh homem, podes galgar montes, buscar poder e justiça se não te for dada do Alto?
Se não te for permitida, por alguma razão incomprensível para os nossos olhos.
Nosso entendimento do Superior é falho. Porque imperfeitos somos.
Então, busquemos ser humildes. Vamos distribuir amor e caridade. Vamos esquecer que fomos feridos pelo mundo. Vamos tentar melhorar o que vemos errado. E não atirar pedras... porque, assim, estaremos usando a arma que tanto criticamos.
No Blog de uma outra amiga, muita agressão. Agressão aos projetos de ajuda humanitária. Agressão à sua capacidade imensa. Agressão à sua pessoa. No Blog daquele amigo, agressão. Agressão pura e simples... porque voltada para uma imagem de pedra e para a interpretação de uma profissional capacitada. Na vida, agressão. Na política, agressão. Nas comunidades, agressão. Na famíla, agressão. Nos amores, nas amizades, agressão.
Até quando, oh homem, irás tratar o ambiente, que recebeste de presente, com agressão?
Teus atos tem volta. Nenhuma ação fica sem reação.
Aos que tratam o mundo com amor, deixo meus abraços, beijos e minhas orações.
Aos que tratam o mundo com agressão, deixo meu lamento... e minhas orações.

by Miriam, em mais um dia ímpar.

6 comentários:

Luís Costa disse...

Olá Miriam,

gostei de ler o seu texto.

I N R I

Fechaste os olhos. Ah! como sonhavas!
Era um sonho d’amor – Tão profundo! –
Véu d’encanto, princípio do mundo,
Gérmen da palavra em que acreditavas.

Levaste a cruz em nosso nome. E o grito
Do sangue obstruiu-te a garganta.
Branco e frágil, choraste; Sem esp’rança,
Caiste de joelhos, qual granito.

Porém, logo que a união se consumou,
Do puro amor que em ti vicejou,
Fortalecida, a fé abriu-nos o peito.

E tu, de olhos ao alto – Oh filho eleito! –
Qual cotovia no azul meridional,
irradiaste a noite sepulcral.


Luís Costa, Alemanha

Carlos Henriques disse...

Mirian
Quero agradecer as palavras maravilhosas que tens deixado no meu blog.
Desculpa serem poucas as letras neste breve comentário - OBRIGADO

carlos

Kalinka disse...

Miriam
Hoje visitei o Carlos, do blog «quebrei o silêncio».
Gostei das tuas palavras de força e do ânimo que tentaste passar para ele.
Por isso mesmo, Deus te ajudou e conseguiste uma vaga numa empresa.
Parabéns e boa sorte Amiga.

Bom início de semana.
Beijo.

Mel disse...

Querida Mirian:
Queira Deus que assim seja.
Minha amiga, Postei um dos teus textos na Gôndola.
Passa por lá. Obrigada...
E por favor anexa a Gôndola aos teus favoritos ... para mais gente a ver, claro!

Um abraço grande para ti amiga!

Daniel Aladiah disse...

Querida Miriam
Que bom teres assim dias ímpares e, ao mesmo tempo, pensares sempre nos outros.
Um beijo
Daniel

su disse...

...quando esse "Homem" não tiver mais nada olhará para si mesmo e para o vazio que criou...e saberá tarde demais porque o tempo é AGORA que nunca soube agir...

xxx

Muitos beijinhos de Festas Felizes...e um 2007 pleno de harmonia e de muita luz.

Beijos em fio aqui da su.