quinta-feira, março 22, 2007

*** Quero ***

Quero poder dizer olá, sem constrangimento.
Quero poder estar ao lado de alguém, por merecimento.
Quero, ah se quero, viajar pelos ventos do amor
Iluminando a cada estação por onde passar...

Quero ao lado do grande amor que virá
sentar-me e dizer: "Que bom que estás aqui!"

Quero ouvir um "Bom Dia!",
- "Passei para te desejar bons acontecimentos!"
... e meu dia virar um dia lindo, com pétalas
derramadas em meu caminho.

Quero ter aquele que me olha e sorri,
por bobagens que faço, sem me dar conta..
Quero ouvir que estou errada, quando estiver...
E que me indique alguns caminhos a escolher.
Quero viver "ao lado de" e não só.

Quero... como quero!...
Olhar nos olhos,
tocar nos lábios,
sentir o calor do corpo
que também se aquece
com a proximidade do meu.

Quero sentir ...
Quero amar...
Quero viver o grande amor,
antes de me ir,
antes de ter cumprido
a minha missão.


E, para embalar esta poesia, meio sem gracinha, dois vídeos... um atual e outro antigo. Só para comparações. Estou colocando aqui, porque nos dá vontade de dançar coladinhos... ou não?
Beijos a todos e até outra hora.

by Miriam, num arroubo de poetiza...rsrsrsrs... mas frajuta que só!




8 comentários:

Vera disse...

Que poema maravilhoso e forte! E terno... e tanto haveria para dizer, mas melhor mesmo é sentir!
Adorei!

Beijinhos

PS - Desculpa a ausência, mas tenho estado sem internet...

Nilson Barcelli disse...

Poesia, meio sem gracinha?
Miriam, adorei este seu poema.
Você escreve muito bem e este poema é belíssimo.
Parabéns.
Bom fim de semana.
Beijo.

DE-PROPOSITO disse...

'QUERO'
........
O facto de querermos não significa que o sonho se concretize. Mas já é bom querer.
E já agora, eu também quero, mas ninguém ouve o meu querer.
Fica bem.
Um beijinho pra ti.
Manuel

Entre linhas disse...

Desejo um óptimo fim de sema com muita alegria e paz.

Beijinhos Zita

mªjose disse...

Miriam,

Fez-me sorrir, ao dizer deste jeito:
"...esta poesia, meio sem gracinha..."

Não pense nem sinta assim!

"... e meu dia virar um dia lindo, com pétalas
derramadas em meu caminho.

Quero ter aquele que me olha e sorri,
por bobagens que faço, sem me dar conta..
Quero ouvir que estou errada, quando estiver...
E que me indique alguns caminhos a escolher.
Quero viver "ao lado de" e não só."


Apetecia-me copiar todo o seu poema!
Releia...
Até me deixou sem saber o que escrever!!!!!!!!!
Gostei muito, mesmo!
"Quero" é no fundo um sentir comum a muitos de nós.
Por isso nos toca e deixa quase sem palavras.
(Quero voltar e ler de novo)
Com carinho, desejo-lhe tudo de bom.
Um beijo num sorriso, aqui de longe! :)

Flôr disse...

Tens veia poética, ai isso é que tens! :))

E o que dizes neste teu poema, tem muito "conteúdo" espiritual.

Passo para te aconchegar os cobertores e dar-te um beijinho de boa noite.

Que Deus vele pelo teu sono.

Fica bem e que a Paz de Cristo esteja em ti.

Bijinho bem florido e primaveril da Flor

soul&body disse...

gosto muito desta passagem:
" Quero sentir ...
Quero amar...
Quero viver o grande amor,
antes de me ir,
antes de ter cumprido
a minha missão."

eu identifico-me!!!
bjinho

rosa maria disse...

Passei para conhecer e agrada-me.Voltarei