quarta-feira, abril 04, 2007


Tenho uma caixinha de música

a embalar os meus pensamentos!

Tenho um barquinho de papel

para navegar no pequeno lago das minhas lagrimas!

Tenho pensamentos a deslizaram no coração

que tocam, como se fossem música!

Tenho lágrimas de alegria e tristeza,

onde um barquinho de papel se pode perder!

E no meio de uma metáfora esquecida...

vou brincando com a vida!



Sandra Abril de 2006
Obrigada Amiga, por me deixares fazer parte desta " tua casa"!!!

5 comentários:

poeta_silente disse...

Sandra. O privilégio é meu..
Que amada esta tua poesia. Linda. Agradável. Suave. bem escrita.
Parabéns.
Não me engano, não, quando vejo talento... sinto ao longe!
beijos
Miriam

mªjose disse...

"Tenho uma caixinha de música"
É,,,
Por vezes também as pessoas nos surpreendem como acontecia com aquela caixa de música e...

Gostei muito de ler!
Irei passando para vos ler.
Boa Páscoa.

Um beijo e tudo de bom.

José Gomes disse...

Recebi o teu convite para visitar esta casa.
Poema lindo e com muita sensibilidade.
Como já disse noutro lado, apesar de gostar deste poema, tens coisas boas para partilhar com os teus amigos/as virtuais (e não só!).
Um abraço e boa Páscoa.
JG

alguém sem gravata borboleta disse...

Gostei do silêncio... é... do silêncio...
Eu gostei das palavras bem escolhidas também, mas, mais do que isso... gostei do silêncio do texto... ele não precisa de 700 palavras escolhidas a dedo e seguindo métrica... ele apenas precisa de 4 silêncios, intercalados nas entre-linhas certas...
Gostei das poucas metáforas que pude entender... e das outras tantas escondidas que nem ao menos notei...
Rico em detalhes... simples em concepção...
e que bela música tem essa caixinha!!!

rosa maria disse...

Tens tudo o que precisas para continuar a brincar com a vida...e acho importante, que sejas tu, a brincar com ela e não o oposto...
Fica bem