quinta-feira, outubro 25, 2007

Olhos e coração

Não vejo com os meus olhos

as escadas que tenho de descer;

Mas com o meu coração

as escadas que tenho de subir conseguirei ver…

Não vejo com os meus olhos a pomba a voar;

Mas vejo com o meu coração

quantas estrelas tem o luar

Com os meus olhos tudo parece anoitecer;

mas com o meu coração

tudo tem de amanhecer!

Com os meus olhos

não consigo as letras de um texto ver;

Mas não há texto, nem poema nenhum que ensine,

ao meu coração que para ver basta crer ou querer!




Sandra 1994

este texto foi escrito numa tarde um pouco triste, mas com restias de esperança...

(era eu uma adolescente)

Um comentário:

poeta_silente disse...

Dani!
Pois... este é o segredo da vida... o segredo da felicidade. Vermos com o coração.
Assim... na tua adolescência já sbias como viver... aprendeste, através do sofrimento, que o importante é aquilo que vivenciamos com o coração.
Deus te abençoe.
Beijos
Miriam