segunda-feira, dezembro 22, 2008

Boas Festas!!


Feliz Natal, Miriam!! Que a paz e a força de Deus esteja sempre contigo!!!
Boas Festas a todos!!

quarta-feira, outubro 08, 2008

Um presente


Recebemos este selo da Ana, do Pelos caminhos da vida e Além do Horizonte. Obrigada, querida. Agradecemos tamanha distinção.

Deixo aqui, para todos os que aqui passam e para todos aqueles os quais visito. Pois, com certeza, são merecedores. Não saberia nomear quem quer que fosse, pois estaria deixando outras pessoas que também merecem receber o selo.

Então, para todos, o PRÊMIO DARDOS

Informações sobre o Prêmio Dardos “Com o Prêmio Dardos se reconhecem os valores que cada blogueiro emprega ao transmitir valores culturais, éticos, literários, pessoais, etc. que, em suma, demonstram sua criatividade através do pensamento vivo que está e permanece intacto entre suas letras, entre suas palavras. Esses selos foram criados com a intenção de promover a confraternização entre os blogueiros, uma forma de demonstrar carinho e reconhecimento por um trabalho que agregue valor à Web. Quem recebe o “Prêmio Dardos” e o aceita deve seguir algumas regras:
1. exibir a distinta imagem;
2. linkar o blog pelo qual recebeu o prêmio;
3. escolher os amigos de outros blogs que mereçam ser premiados pelo Prêmio Dardos.”

E minha escolha recai em você que, agora, está lendo este post.
Abraços.
Deus o abençoe
Nós do Tratos e Poesias.

by Miriam

sábado, setembro 13, 2008

sábado, setembro 06, 2008

Um poema....


Se tanto me dói que as coisas passem
É porque cada instante em mim foi vivo
Na luta por um bem definitivo
Em que as coisas de amor se eternizassem.




Sophia de Mello Breyner Andreson




A ti, Miriam, com carinho....

sábado, agosto 09, 2008

POEMA DO AMOR DESEJADO

©Jade Dantas


Todos os dias acordaríamos,

olhos macios de sono

entre lençóis, oceanos

de aconchego e de carinho.



Todos os dias

repetiríamos um poema

rouco e desejado:



Te amo.

Até o final.


Mais um belíssimo poema de Jade Dantas.
by Miriam




quinta-feira, maio 22, 2008

Linda mensagem

Entrei no Blog (ou Lounge? ) do MLive (não sei se está disponível a quem não está cadastrado. Eis o endereço do site MLive ) . Lá encontrei esta pérola. Deixo aqui para quem quer ver, tanto o link como o vídeo.

Link = http://www.youtube.com/watch?v=8HR15OAaNQE

Aqui o vídeo. Aproveitem!!! Vejam a maravilha de mensagem!



Deus os abençoe.
Miriam

quinta-feira, abril 17, 2008

Pois...

" Sabedoria é saber contar os amigos quando se chora e não quando se ri. É fácil ter amigos no divertimento. Mas a verdade da amizade revela-se nas lágrimas, na provação."
(Marko Ivan Rupnik)







segunda-feira, março 31, 2008

Belos Trabalhos

Eis aqui os links de belos trabalhos em artesanato. Minha amiga Bebel me deu o prazer de poder divulgá-los.
Grata, querida, por poder fazer parte, de alguma forma, da divulgação do teu trabalho.
Deus te abençoe.
E para vocês, amigos que aqui passam, deixo o pedido:
- Visitem estes sites. Vocês vão encontrar maravilhas.

http://bebel53.multiply.com/
http://bebelswish.spaces.live.com/
http://artesanatodabebel.blogspot.com/
http://picasaweb.google.com/icferraz73

by Miriam, divulgando o belo... a arte.

quinta-feira, março 20, 2008


domingo, março 02, 2008

12 palavras


Imagem presenteada por um amigo, para deleite dos leitores.

Recebi este desafio da Sandra Daniela. Com 12 palavras que nos surgissem à mente como importantes fazermos um post. E aqui eu estou cumprindo minha missão.
As palavras que eu escrevi, aleatoriamente, foram as seguintes:

Deus, filhos, família, doação, amor, companheirismo, saudade, tempo, vida, flores, jardim, amigos.

Após ter digitado estas palavras, comecei a dar um sentido para cada uma delas. E aqui está meu "Trato sem poesia"...

Há muito tempo, em minha vida, tenho algumas prioridades. Não abdicaría delas por nada neste mundo. A primeira é "Deus". Deus ocupa o lugar principal, aquele lugar onde ELE deveria estar, mas creio que ainda é pouco. Depois vem meus filhos. Sem palavras para dizer o quanto eles são importantes para mim. Eles são a minha família, o meu tudo... sem eles nada seria e sem eles não teria forças para seguir em frente. Ser mãe é, antes de tudo, doação. Doação de sua vida, de suas horas, uma dedicação incondicional.
Importante, e muito importante, é o AMOR. O amor companheirismo, que me deixa saudade. E nosso tempo deve ser preenchido com ele, para que possamos nos preencher e sentirmo-nos acarinhados, amados, desejados. E, para completar este jardim, faltam apenas estas flores: os amigos.
E, neste fantástico parque de sonhos e realidades, onde cada um vai exercendo seu papel, independente da forma como exerça, neste inebriável círculo de objetivos e opiniões, onde um mundo novo se descortina a cada manhã, onde nossas incertezas são tantas que nossa visão se encanta e desencanta, num balanço contínuo... fazendo com que tenhamos apenas uma certeza...a de que estamos vivos... neste jardim coberto de flores.. vivemos... crescemos... e aprendemos constantemente. Esta é a verdadeira fórmula da felicidade.

Dani. Em razão da minha total falta de tempo, em razão dos motivos pessoais que me afastam um pouco dos Blogs, entrego a ti o encargo de nomear mais 12 Blogs, caso assim queiras e precise. Prometo, assim que conseguir chegar ao meu objetivo no meio do ano, voltar com mais assiduidade aqui, de forma que não abandone por tanto tempo este nosso cantinho tão amado por mim.
Deus abençoe a todos.

Miriam

segunda-feira, janeiro 28, 2008


Serena tranqüilidade

Luiz Maia

Você partiu sem me dizer uma palavra. O tempo passou sem que eu entendesse sua repentina viagem. A vida correu sem novidades, sem que eu me desse conta dessa imensa saudade. Até que as notícias me chegaram como por encanto, vindas de você. Só escuto palavras bonitas, às vezes indecisas, é certo, quando se refere a mim. Chego a imaginá-la diferente de quem é, e eu, de quem de fato sou. Palavras soam como versos que me embalam, expressando amor, levando-me a falar do quanto preciso de você para seguir minha alegria. Eu fico tentando expressar meu contentamento, mas confesso que pouco saberia dizer. Como falar, por exemplo, da saudade explícita que encobre desejos latentes, que chega a doer ao vê-los sucumbir nas entrelinhas? Não, dificilmente eu saberia falar...

Quando a leio, sinto-me criança outra vez. Aí não tem como não pensar em coisas que eu supus que não devesse nem dizer, mas é tudo balela. Querida, quão absurda e preconceituosa eram minha visão de vida, meu entendimento de mundo! Eu só sei que um dia eu a quis, mas você nunca me teve. Uma vez cheguei a dizer que a vida nos oferece tantas possibilidades e só deixamos de aproveitá-las por razões meramente culturais. Mas reconheço a força da cultura de um povo sobre os ímpetos advindos da natureza. Relembro aquele beijo não dado, a sensação de calor que percorria nossos corpos na iminência de mais um doloroso silêncio que nos envolvia. Lamento pelo abraço esquecido, pelos versos desfeitos, coisas bonitas que se perderam nos caminhos escuros que certamente não escolhemos seguir.

Penso em você e sou revestido de serena tranqüilidade. Há tantos ruídos na noite, há tantos gritos que incomodam meu sono, que chego a imaginá-la bem perto a mim, a me envolver com sua alegria. Num instante eu recupero a consciência, mas aí vem você a dizer que nossas mentes não envelhecem, que nossos corpos se amoldam às circunstâncias da vida. Mas acontece que fui surpreendido com o passar do tempo, e já nem sei se eu a quis um dia. Hoje olho na velhice dos outros e noto que também caminho com certa dificuldade. Meus gestos já não obedecem ao meu comando, abracei o cansaço de vez e talvez nem me reconheça mais. Nesses dias em que penso em você, colho imagens distorcidas, mesmo na vã recordação do que fomos outrora. Por que não vejo mais as estrelas errantes, distantes que estão dos meus olhos cansados?

Luiz Maia
http://br.geocities.com/escritorluizmaia/
msn: luizmaia1@hotmail.com
skipe: luizmaia1
Autor dos livros "Veredas de uma vida", "Sem limites para amar", "Cânticos" e "À flor da pele". Recife-PE.

domingo, janeiro 06, 2008

Mário Quintana