quinta-feira, abril 17, 2008

Pois...

" Sabedoria é saber contar os amigos quando se chora e não quando se ri. É fácil ter amigos no divertimento. Mas a verdade da amizade revela-se nas lágrimas, na provação."
(Marko Ivan Rupnik)







13 comentários:

Sandra Daniela disse...

Um eterna verdade! Mas também é certo, que por vezes, não temos a verdadeira noção onde estão os nossos verdadeiros amigos...


um beijinho grande

a.h. disse...

Minha Querida,

Não sei importa contar quantos são...
Se importa apenas saber e sentir quem está na lágrima mas também num momento de alegria.

Sabes, a Amizade verdadeira as vezes nem a "vemos" :)
Habituamo-nos a ela e não lhe damos a mão...
Estamos sempre à espera que seja essa Amizade a socorrer-nos nas horas incertas.
Quando passou... Bora lá!! Esqueceu!!
E quantas vezes ´só damos conta quando a deitamos a perder...

Os Amigos também precisam de sentir e partilhar esses momentos de sorrir!

Divagando sobre este pensamento.
Pois...
(Hoje dei-me pra embalar nas palavras!)

Tudo de bom para ti
Beijinhos
MJose

Vieira Calado disse...

É verdade.
E está dito!
Um abraço.

Isabel José António disse...

Caras Amiga Mirian e Sandra Daniela,

Vim "aportar" nesta enseada através do Blogue da Alexandra.

E vim em boa hora. Parabéns pelo conteúdo.

Este último post trata dum tema deveras importante. É que há os amigos que riem, que choram connosco. Esses estão sempre lá.

E, mesmo que não queiramos ver, existem aqueles amigos que, através do seu comportamente que nos é agressivo e desagradável, nos ensinam a olhar para dentro e ultrapassar as dificuldades que esses "inimigos" nos colocam. São quem nos faz crescer mais depressa.

Alguém de quem não de gosta
Nosso melhor amigo pode ser
Talvez seja a melhor aposta
Para nos começarmos a VER

Faz-nos pensar, reflectir
Olhamos para o nosso interior
Ousamos começar a saber ouvir
Que há muita forma de amor

Chorar, rir e saber esperar
Olhar para dentro de nós
São virtudes a saber cultivar
Para podermos ouvir nossa voz

Essa voz que baixinho nos diz
Conversando connosco ao postigo
Que cada Ser e tudo o que fiz
É sempre o nosso melhor amigo

Este pequeno poema é para vós, como oferta, e saíu agora mesmo, inspirado por este vosso post.

Se quiserem também nos poderão visitar. São vários blogues que temos é só escolher ou visitá-los todos.

Um abraço fraterno

José António

Fe Davidoff disse...

Olá.

Comecei hoje um novo blog com minhas poesias. Adicionei seu link lá, espero que não se importem.

Fiquem a vontade para visitar e comentar, serão sempre bem-vindas.

girassol disse...

Olá Mirian
Ando afastada destas paragens, aliás, andamos os dois, eu e o António, mas passo de vez em quando para ler seus escritos. Desejo que esteja bem.
Um Beijo

Deixo-lhe este poema que é a minha forma de sentir o que é a amizade...


"Sinais de fumo

Esta noite acendi uma fogueira
Sentei os amigos em volta
A conversar
A festejar a vida
A verdade
A alegria
Esta noite enviei sinais de fumo
Para fazer passar a mensagem
Que é preciso passar
E cantámos o amor
A liberdade
A poesia"

Marcinha disse...

Andei procurando espaços como o meu. Não queria apenas conteúdo, mas forma de escrever, de falar daquilo que todo mundo é capaz de fazer, mas que é feito de forma singular.
Grata surpresa "encontrar vocês". Peço licença para adicioná-las ao meu cantinho (http://poemaspoesiaseafins.blogspot.com.
bj gde!

Nilson Barcelli disse...

Um pensamento muito verdadeiro.

Bfs para vc, beijinhos.

Daniel Aladiah disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Daniel Aladiah disse...

Querida Miriam
Amigos são raridades, mais das vezes virtuais.
Um beijo
Daniel

Nilson Barcelli disse...

Miriam, já não a vejo há tempos...
Tudo bem com vc? Espero que sim.

Bom fim de semana, beijinhos.

Vieira Calado disse...

Obrigado pela visita ao meu blog o cão Merdock.
Já deu uma olhadela à minha poesia?
Um abraço

ZezinhoMota disse...

A amizade é algo (profundo sentimento) que não posso conceber uma vida sem uma amizade...

Bom fim de semana.

Bjnhs

ZezinhoMota