sábado, agosto 09, 2008

POEMA DO AMOR DESEJADO

©Jade Dantas


Todos os dias acordaríamos,

olhos macios de sono

entre lençóis, oceanos

de aconchego e de carinho.



Todos os dias

repetiríamos um poema

rouco e desejado:



Te amo.

Até o final.


Mais um belíssimo poema de Jade Dantas.
by Miriam




13 comentários:

Sandra Daniela disse...

Que bom querida!!! Um novo post e um belo poema!!! beijinhos!!!

O Profeta disse...

Errantes sentires percorrem
Este corpo nu de calor
Queda-se a vontade ao vento
Neste deserto de verde amor

Ai este grito contido
É lava rubra em minha garganta
Pio de pássaro preso às penas
Uma reza a fugir de alma santa


Boas férias


Mágico beijo

Jade disse...

Obrigada, Miriam, pela honra de estar aqui.
Seu Blog é belíssimo.
Valeu, amiga.
Beijo,
Jade

Menina do Rio disse...

Desejado e belo! Todos os dias, até o final...

Um beijo

ZezinhoMota disse...

A beleza vem de tudo que nos toque o coração e o amor já está lá esperando pelas outras belezas da Natureza....

As palavras quando sentidas é um hino á felicidade até de uma bela leitura...

Muito bonito minha amiga.

Boas férias.

Bjnhs

ZezinhoMota

Daniel Aladiah disse...

Querida Miriam
Há algo melhor? Julgo que só as ilusões, que não passam disso mesmo...
Um beijo
Daniel

Nilson Barcelli disse...

Não sei quem é a Jade Dantas, mas o poema é belíssimo.
Gostei imenso.

Beijinhos.

Delfim peixoto disse...

Lindo e inspirador

Pelos caminhos da vida. disse...

Obrigada pela visita!

Lindo esse cantinho seu,fundo musical:suave,sereno,trasmite uma paz enorme.
Foi bom ter vindo aqui.

beijooo.

Paradoxos disse...

Voltei da minha ausência, eis-me aqui - na tua casa!

red angel disse...

Muito inspirador o video,gostei muito,obrigado pela visita.

OLHAR VAGABUNDO disse...

sim...lindo

abraço vagabundo

casa da poesia disse...

LINDO!...e para vós...

"Abvum d'bashmaia"...!?...